A minha plenitude
anda pela metade
eu ando solitário pela madrugada da cidade
nada na cidade
se uma paixão me ilude
eu tento ver além
sempre fiz o que pude
para não fazer mal pra ninguém

soledad cidadão
solidão la ciudad

eu sinto que o futuro
é uma imensidão
sem contenção nem muro
para limitar nossa paixão
se uma paixão me ilude
eu tento ver além
sempre fiz o que pude
para não fazer mal pra ninguém


soledad cidadão
solidão la ciudad

me llamam calle
la revoltosa
me llaman calle bala perdida
me llaman calle
calle de noche
me subo a tu coche
me llaman siempre
ya a cualquier hora
me llaman puta
siempre a deshora
me llaman calle
y eses es mi orgullo
yo se que uns dia
llegara
me llaman calle
de eskina a eskina
me llaman calle
siempre atrevida
me llaman calle bala perdida
asi me disparo la vida
me llaman calle
del desegaño
calle fracaso
calle perdida
me llaman calle
la sin futuro
la que mujeres de la vida

Vídeo incorreto?