Eu medito e peço muito
Pra sempre te ter bem junto
Sem tentar fugir do assunto
Pra onde fores vou atrás
E com tua luz tão clara
Eu te entenda mais um pouco
Que ideais não sejam sonhos,
Mas que possam ser reais

Quero te pedir perdão
Por viver assim aos prantos
Quem sabe eu ainda te encontro
Lá em Taubaté ou Santos

Sob tua luz tão clara
Simples calma irresoluta
O meu coração dispara
Numa convulsão tão bruta
O que nossas energias solicitam
O que pede espaço pra acontecer
Tanto tempo nesse estado e luzes brilham
Assim mesmo antes do amanhecer

Vídeo incorreto?