Alô, alô malandragem...

Tá um cheiro...
Ta um cheiro...
Tá um cheiro...

Tá um cheiro de mato queimado
Tá cheirando
Pode ser que eu esteja enganado
Tem alguém mato queimando (2x)

O malandro endoidou galera
E boto fogo em sua plantação
A fumaça o ar poluía
Vagabundo curtindo a poluição
Quanto mais a fumaça subia
Mais cantava esse refrão
Quanto mais a fumaça subia
Mais cantava esse refrão
Olha aí...

-Refrão
Tá um cheiro de mato queimado
Tá cheirando
Pode ser que eu esteja enganado
Tem alguém mato queimando

Tá um cheiro...
Tá cheirando
Pode ser que eu esteja enganado
Tem alguém mato queimando

Tá um cheiro, tá um cheiro, tá um cheiro, tá
Tá cheirando
Pode ser que eu esteja enganado
Tem alguém mato queimando -

Malandro, polícia e bombeiro
Sentiram o cheiro e correram ao local
E disse o malandro maneiro
Beijoca é fogo no matagal
Vagabundo respirava fundo
E dizia "Ai meu Deus que incêndio legal"
Vagabundo respirava fundo
E dizia "Ai meu Deus que incêndio legal"

- Refrão

Foi chegando a mangueira de perto
Pelo corpo de bombeiros
Para espalhar a fumaça
Aumentou o desespero
Foi ficando poluído
Esse Brasil inteiro
E até hoje tem malandro
Que está vivendo do cheiro
E até hoje tem vagabundo
Que está vivendo do cheiro

- Refrão

Vídeo incorreto?