Depois de tudo que já viu
Das coisas que experimentou
Depois de tudo que sentiu
E das pessoas que amou

Depois de tantas vezes ver
O sol nascer e anoitecer
De ter achado que queria
E ver que só se enganaria

Depois de tantos anos poucos
Depois de poucas muitas madrugadas
Depois de andar o mundo todo
E se perder na própria estrada

Depois de tantas vezes ver
O sol nascer e anoitecer
De ter achado que queria
E ver que só se enganaria

Depois de tantos anos poucos
Depois de poucas muitas madrugadas
Depois de andar o mundo todo
E se perder na própria estrada

O que mais deseja viver
O que sentir antes do fim
Pra que seus olhos possam ver
Seu amor em mim

Depois de tantos anos poucos
Depois de poucas muitas madrugadas
Depois de andar o mundo todo
E se perder na própria estrada

O que mais deseja viver
O que sentir antes do fim
Pra que seus olhos possam ver
Seu amor em mim
Seu amor em mim

Vídeo incorreto?