Ontem em silêncio se ouvia
O choro abafado das crianças
Era os ouvidos de quem entendia
Mas hoje quase tudo mudou
Não basta dizer que o dia é novo
Para dar a voz a quem nunca falou
Hoje é preciso começar
O cruzar dos braços só vai atrasar
As crianças são as mesmas sem rir e sem comer
A lembrar que há tanto por fazer
Hoje vamos todos acordar
O ontem na memória já deve chegar
Tanta mão parada, gente que não sabe ler
Mostram que está tudo por fazer
Ontem era noite sem dia
Hoje descobrimos a manhã
No abrir dos olhos a quem já não via
Hoje é preciso começar
O cruzar dos braços só vai atrasar
As crianças são as mesmas sem rir e sem comer
A lembrar que há tanto por fazer
Hoje vamos todos acordar
O ontem na memória já deve chegar
Tanta mão parada, gente que não sabe ler
Mostram que está tudo por fazer

Vídeo incorreto?