Amigo Tom que bom que você voltou
Não mate de saudade quem te amou
Não brinque de ficar por lá
Se fica a gente aqui
Sem ter o que cantar.

Amigo Tom, aqui nada mudou
Não deu ninguém maior que Drummond
Parece que é a insensatez
Tomou conta de vez
E o samba se calou

Ainda tem o azulão
A voar, a cantar
No mar há pesca de arrastão
Marimbás e saltão

Amigo Tom, aqui é o teu lugar
Se alguém de novo te chamar pra lá
Alegue o fim de uma canção
Ou medo de avião
E nunca partas mais

Ainda tem o azulão
A voar, a cantar
No mar há pesca de arrastão
Marimbás e saltão

Amigo Tom, aqui é o teu lugar
Se alguém de novo te chamar pra lá
Porque se depender de nós
Ou de uma oração
Você não volta mais!

Vídeo incorreto?