Solfejo
Nananana nananananana a solidão me abraça
Nananana nananananana a solidão me abraça

To aqui contando estrelas mais não da pra disfarçar
A lembrança me invade me lembro do seu olhar
Entro madrugada a fora sem dormir não vou chorar

Um champanhe me ajuda molha os lábios devagar
Mais quanto a meu coração quem é que vai me acalmar
Já tentei em outros beijos mais descobri que não da
Não são validos

Não bastasse essa tristeza me surpreendo a ouvir
Ligo o radio no momento a musica me faz sorrir
Que coincidência essa musica eu já ouvi
Ao seu lado

Refrão

Então perco a cabeça
Que fazer pra te esquecer
A solidão me abraça
Esta tudo sem graça
Vento frio aqui fora
São seis horas da manhã
Vou pro quarto e adormeço
Só acordo as quatro... Da tarde
Mais ainda a minha vontade é de te ver

Solfejo
Nananana nananananana a solidão me abraça
Nananana nananananana a solidão me abraça

Um champanhe me ajuda molha os lábios devagar
Mais quanto a meu coração quem é que vai me acalmar
Já tentei em outros beijos mais descobri que não da
Não são validos

Não bastasse essa tristeza me surpreendo a ouvir
Ligo o radio no momento a musica me faz sorrir
Que coincidência essa musica eu já ouvi
Ao seu lado

Refrão

Então perco a cabeça
Que fazer pra te esquecer
A solidão me abraça
Esta tudo sem graça
Vento frio aqui fora
São seis horas da manhã
Vou pro quarto e adormeço
Só acordo as quatro... Da tarde
Mais ainda a minha vontade é de te ver

Solfejo
Nananana nananananana a solidão me abraça
Nananana nananananana a solidão me abraça

Vídeo incorreto?