Já cansei de pensar que o brasil vai progredir
Já cheguei a sonhar que a educação vai evoluir

Admiti que futebol só serve para iludir
E que o interesse do sistema é somente destruir

O governo melhorou fez o pobre emergir
Mas tem gente na miséria querendo infringir

Quando tinha meus treze via menor subtrair
Hoje com mais que o dobro vejo outros a reproduzir

O sistema é eficaz ou a gente que é incapaz ?
Se a novela emburrece porque a audiência cresce mais ?

Capitalismo manipula, as estruturas desiguais
Na europa e nos states há programas banais !

Porque aqui a influência chega a níveis anormais?
Muito pobre junto né, facilita demais

Periferia hoje é dos projetos sociais
E o negão ainda canta rap, não jazz

Há dias que vem é só vem
E dias que vão e só vão
Eu sei, também só tenho que passar

Quanto mais tempo de estudo, mais chances para o mercado
Há muito emprego sobrando, porque ninguém tá preparado

Quanto mais miserável, mais seremos dominados
Quem gosta disso é ong, vereador e deputado

Arte não é valorizada, assim como a educação
Professor ganha mal, quer mudar de profissão

Moleque fica revoltado vendo essa situação
Quer partir pru combate, mas tá sem opção

É oprimido pela vida e baixa condição
E logo ele desiste, não agüenta o rojão

Pois mora em japeri, o idh é uma vergonha
Namora uma menina à espera da cegonha

Trabalha na padaria pra garantir o ganha pão
Entra pra igreja evangélica, e nem vê televisão

É assim que funciona, esse é o processo
Revolução é pra burguês, não pra quem não teve acesso

Há dias que vem é só vem
E dias que vão e só vão
Eu sei, também só tenho que passar

Pobre não lê o globo, não liga na rede brasil
Tá lá na favela, nem sabe que o dólar caiu

Rico? na praia, em plena tarde de quarta
Com um monte de gatinha, vai cair na gandaia

Isso não é descaso nem indiferença
São vidas opostas sem suposta aparência

O que nos une e separa, estrutura e inteligência
E se você não é diferente, cê não faz diferença

Aí crianças, cês são o futuro da nação
Desde o gol mil de pelé que eu ouço esse chavão

Mas há um monte na viela, olho cheio de remela
Barriga vazia com lama até a canela

Educação não é a dela, sem comida na panela
A mãe assina um papel pra ganhar o bolsa magrela

A pobreza intefere mais do que a televisão
Enquanto isso não mudar sem chance de evolução

Há dias que vem é só vem
E dias que vão e só vão
Eu sei, também só tenho que passar

Vídeo incorreto?