Pai, sente o drama
Eu era criança
Pai sente o drama
Lembra de quando eu era criança

Uma criação muita dedicação
Com muito carinho e amor
Era tão bom

Hoje o carinho é pesado
É borrachada e banho gelado
Saudade aqui e muita emoção
Que levanta a tristeza e me joga no chão

Meu coração tá tomado
Meus pensamentos todos dominados
E dentro de mim o amor reconstroi aquelas lembranças de um pai heroi
Tem uma cadeira vazia na mesa
De uma familia firmeza
E uma mãe na incerteza
De que um dia seu filho vai voltar

Uma familia firmeza
Oprimida lutar pela dor tristeza
Seguimos assim com certezas
Que um dia ele vai voltar

Oh oh
Ah ah ah
Oh oh
Ah ah

A brisa bate que eu vou dichavar
As minhas ideias em plena madrugada
Em que a saudade vem me atacar
Colocando a minha mente em ponto de bala.

O tempo passa eu vou caminhar
Essa rotina logo mais acaba
E a opressão vai se calar
Quando 'alvara' chegar lá na muralha.

Se eu tava errado ele compreendeu
Subestimei meninos dos olhos de deus
Bateu de frente e a verdade
Não temeu
Foi consciente em assumir os erros seus

Ele foi consciente é para enxergar
Que essa vida é um tudo ou nada
Se ta suave pode azedar
Da mesma forma o crime ti arrasta.

Com a certeza pikeno na pista irá caminhar
Que a liberdade é mais que uma palavra
Perde a sua, tenta comprar
Que tu vai ver o quanto ela sai cara.

Tem uma cadeira vazia na mesa
De uma familia firmeza
E uma mãe na incerteza
De que um dia em que seu filho vai voltar.

Uma familia firmeza
Oprimida pelo dor e a tristeza
Seguimos as com certezas
Que um dia ele vai voltar.

Oh oh
Ah ah ah
Oh oh
Ah ah (3x)

Vídeo incorreto?