Escuto,a cidade que forte respira
Reliquia foi perdida,só me sobrou a doutrina
Insisto,otimista,reativo a ruina,
Concreto meu pensamento,eu destruo pessimista
Realçada auto-estima que aqui prevaleceu
O jogo foi virado,no placar só ponto meu
Torcida ensurdeceu a maioria adversária
Que me inveja,não aturo,atropelo as suas vaias
Desfaço-me das mágoas,confirmo na aposta
Meu passo positivo,alegria sempre exposta
O valor que não se vende,refúgio do seu barulho
Se for pra fugir não fujo,arremesso e depois chuto
Então refuso o grito dessa multidão
Muitos pedem o perdão,nome do pai fala em vão
Não arrisco a oração se não for de coração
Sem que não sou ser divino,mais ensino essa lição

[refrão]
Palmas pra você que um dia duvidou
Palmas pra quem viu e não se conformou
Palmas pra você,que tenta me atrasar
O seu riso,meu prestigio,na sua face estampar
Palmas pra você que um dia duvidou
Palmas pra quem viu e não se conformou
Palmas pra você,que tenta me atrasar
O seu riso,meu prestigio,na sua face estampar


Amadou ou odiado,é reverenciado
De volta na partida o sonho é realizado
Merecedor de aplausos,servindo com alivio
Transformando cada palma em um forte incentivo
Que é reerguido pela luta genial
Destacando da mesmice nesse ponto crucial
Superficial,logo vai se aprofundar
Vai cravando a palavra que só tem a ensinar
Toma de assalto,que suga a energia
Absorve o bom momento de tudo que vivencia
Busca na sabedoria de quem já viveu um dia
Aplica na correria encontrando a alegria,
Rebeldia se sucede por vontade dependente
Que te ataca,obstrui mais não te deixa doente
Aviso ao demente que tenta me deter
Se dou trabalho ao luto o mesmo serve a você

[refrão]

Palmas pra você que um dia duvidou
Palmas pra quem viu e não se conformou
Palmas pra você,que tenta me atrasar
O seu riso,meu prestigio,na sua face estampar
Palmas pra você que um dia duvidou
Palmas pra quem viu e não se conformou
Palmas pra você,que tenta me atrasar
O seu riso,meu prestigio,na sua face estampar

Vídeo incorreto?