Seis horas da manhã, o sol me instiga
Sem dar conta com as amigas querendo tumultuar
Vem, bora que agora cê tá comigo e não corre mais perigo
Nem se o mundo acabar

Seis horas da manhã, o sol me instiga
Sem dar conta com as amigas querendo tumultuar
Vem, bora que agora cê tá comigo e não corre mais perigo
Nem se o mundo acabar

Seis da matina, você e duas mina
Tô com o "zoin" vermelho da china
Coisa fina, mina de classe
"Ai meu Deuus"
Se meu carro falasse
Mano, que fase, que eu tô passando
Ressaca já bateu, já até tão me ganhando
Sigo rimando, falando que Adriel tinha virado Adriano
"Jãao" que role insano
Disseram que minha mina tá na porta esperando
O que eu tô fazendo, o que eu tô falando
Elas me puxaram, eu vou sair voando

Seis horas da manhã, o sol me instiga
Sem dar conta com as amigas querendo tumultuar
Vem, bora que agora cê tá comigo e não corre mais perigo
Nem se o mundo acabar

Seis horas da manhã, o sol me instiga
Sem dar conta com as amigas querendo tumultuar
Vem, bora que agora cê tá comigo e não corre mais perigo
Nem se o mundo acabar

Ok, deixa comigo que agora eu desenrolo
Ela só quer fazer "rolê" com os cara do Pollo
Senta no meu colo, perguntando se eu namoro
Respondi que não, ela disse "adoro"
Lembrei da minha mãe, filho tenha juízo
Cuidado com essas minas que é prejuízo
Por isso que eu nem briso, evito fadiga
Uma bandida, quer me dá, me liga... vai que vinga
Sabe bem como é que é
Não querendo ser pá, mas tem várias no meu pé
Tô te querendo, também só se você quiser

É... "cê" pode ser minha mulher

Seis horas da manhã, o sol me instiga
Sem dar conta com as amigas querendo tumultuar
Vem, bora que agora cê tá comigo e não corre mais perigo
Nem se o mundo acabar

Vídeo incorreto?