Desculpe mais eu já cansei
De olhar e não enxergar
São pensamentos, são momentos
Minha consciência

Carrego aqui comigo
Aqueles que quero levar
Com minha fé eu sei que os sonhos
Podem realizar

Sigo em frente e sem temer
Vou sem medo de esquecer
Meus pensamentos e descubro que não consigo parar
O tempo e o meu medo de arriscar

Carrego em mim uma ferida que não quer fechar
Do silêncio eu fugi
Nada importa eu sei

Sem qualquer motivo eu me afastei
Fechei os olhos e então me encontrei
Como posso deixar pra trás o que eu já nem sinto mais
Não sinto mais

Carrego em mim uma ferida que não quer fechar
Do silêncio eu fugi
Nada importa eu sei

Contei que faria tudo outra vez
São os erros que me fazem crescer
Mais quando eu vou acordar
O mundo não pode parar
O tempo não para

Carrego em mim uma ferida que não quer fechar
Do silêncio eu fugi
Nada importa eu sei

Vídeo incorreto?