EU SEI que ninguém mi conhece
faz bem si mi esquece
na hora de chamar nem si interesse
falar errado que nem prece
Isso mi motiva na escrita (o que?)
a não esquiva das pepitas
as mentira dita que são nociva e cê acredita
as rima dos engodos que são decisiva pra quem não imita
e o deboche a todos que tira a alternativa dos (é nós na fita!)
a cultiva da base mais frase kamikaze
que ativa irritabilidade
quando a habilidade passiva faz com que grita:
seu pela saco!!!
o ódio mi persegue e segue seu caminho
que consegue mi apurrinhá dizendo algo do tipo:
"vem e mi pegue!"
não mi ignore, nem mi adore, chore com que falo e decore
minhas babaquices só não deixe que a palhaçada more
na sua casa, não faça piada pra aparecê
deixe isso comigo que sô babaca e sei fazê
(será que cê sabe fazê? claro!)
vagabundo si arrasa 10 anos falando a merma merda
si falá mal do sistema adiantasse
não taria tudo a merma merda
hiphop não tá na minha veia,
nem no meu bolso, nem na minha roupa
tá na agulha da vitrola,
enquanto misturo graviola na sopa
não mi critique quem não bota comida na minha boca
fazê chilique não impede meu trambique
sua voz só fica é roca
eu sô aquele que cê não conhecia e subestimava
aquele que esculacha a tia que amava
e ela nem sabia o que si passava
e quando de dia andava na rua e ria quando cumprimentava
falaria que tava em casa só pra vê quem abriria a trava
(toc toc, quem é?)
De Leve e seu gosto amargo
quem si atreve a dizer que Vanessa Camargo canta bem
leve pra casa Fidel e seu embargo
Tão inútil e falso quanto Hebe Camargo
a plebe ainda vê essas bosta
eu boto de costas e como com aspargo ("ham ham")
adoro mentira,
imploro nela pra vê a criatividade de quem a expira
e faz tão naturalmente como respira
isso mi motiva no improviso
a cara de nego puto sem aviso,
quando eu mostro meu sorriso e meu escórnio liso...

(gosta quando falo bem, gosta quando falo mal)
(gosta quando é de cem, chora quando é 1 real)

fui servir deboche na torrada, quiseram mi dar porrada
si na rima tu não consegue, a calça vai continuar borrada
não faço lutas asiáticas, romanas ou jiu-jitsu
só tenho prática de mi agarrar com as manas, sô é ninjitsu
ser positivo é maneiro
quando o patrão não tá ao vivo o dia inteiro
e ké que fique ativo e esqueça
quanto ganha e que está vivo com o dinheiro
que ser decisivo com o farofeiro
que primeiro faz sinal negativo
e nega que falô mal do Rio de Janeiro?
Rap é hobby, zoar é lobby, eu quero é que alguém ouça
meu grito de desespero pra não ter que lavar louça
não rimo pra pegar as moça, não gosto de disputa
tem ninguém que torça, então pago e peço: DIZ! PUTA!!
isso não é emprego, sou um prego pedindo arrego
de um freestyle que não rima
por 1 almoço e mandá quem me deu tomá no rego
camisa do quinto andar eu dô porque não tenho contrato
mas avisa que depois de lisa ela vai passar a ter meu retrato
e aí o sucesso vem mole, vou almoça no la mole
estacionando minha bicicleta com manobrista,
embrulho o rocambole
e peço pra botá a conta na ponta do lápis,
(o que que cê apronta que cê não come em casa a 1 mês?)
restaurante é de grátis!!
si liga não, só pra quem é artista
(só si for altista, nem isso, anão,
pra emprego sobe na mesa na entrevista)
sendo que no teu caso só rola a revista
que eles fazem nos candidatos a funcionários
que ao esperar, roubam a revista
não fique puto, não mi calo
até que alguém mi dê mais dinheiro
que eu escuto e menos calos
dizendo: (venha buscá-lo!!)
mas tá longe de acontecer, só saí na TRIP
o máximo é vê as mulé em strip
porque ganhei o prêmio de pior videoclipe
no mercado fonográfico quero ser o rei pornográfico
dando dívida pra gravadora que não dá pra analisar no gráfico
atuando no tráfico da piada da minha vida em cima da batida
isso aqui até vira um bounce
pra quem bebeu vários litros de batida

(gosta quando falo bem, gosta quando falo mal)
(gosta quando é de cem, chora quando é 1 real)

Vídeo incorreto?