Quando ela ajeita o tomara-que-caia
Segura na barra da saia
Eu juro, nunca vi igual
Entra na roda, é um show de talento
E em cada movimento no samba faz um carnaval
Ela tem um jeito tão gostoso de sambar
Um corpo perfeito que encanta o olhar
Parece que desliza quando pisa no salão
Leve como a brisa, ardente feito um vulcão
Ela faz a galera ferver
Tem malandro pagando pra ver
Tô ligado nesse rebolado
Ela fica me olhando de lado
Parece que quer me envolver
Eu não sei o que é que ela tem
Mas não vou deixar pra ninguém
Deixa essa danada sambar
Ela sabe me provocar

Vídeo incorreto?