O canto do negro
Veio lá do alto
É belo como a íris dos olhos de deus, de deus
E no repique, no batuque
No choque no aço
Eu quero penetrar
No laço afro que é meu, e seu
Vem cantar meu povo
Vem cantar você
Bate os pés no chão moçada
E diz que é do ilê a yê
Lá vem a negrada que faz
O astral da avenida
Mas que coisa bonita
Quando ela passa me faz chorar
Tu és o mais belo dos belos
Traz paz e riqueza
Tens o brilho tão forte
Por isso te chamo de pérola negra
Ê, pérola negra
Pérola negra ilê a yê
Minha pérola negra
Lá vem a negrada que faz
O astral da avenida
Mas que coisa mais linda
Quando ela passa me faz chorar
Tu és o mais belo dos belos
Traz paz e riqueza
Tens o brilho tão forte
Por isso te chamo de pérola negra
Com sutileza
Cantando e encantando a nação
Batendo bem forte em cada coração
Fazendo subir a minha adrenalina
Como dizia buziga
É de mim
Em me pé nagô de ilê
É de mim
Em me pé nagô de ilê
Ê, pérola negra
Pérola negra ilê a yê
Minha pérola negra

Vídeo incorreto?