As coisas passam e o tempo
Não para pra ninguém
Sempre vejo as luzes da cidade acesas
Vejo pessoas tão sozinhas
Que não conseguem se entender
E veja que o futuro está em suas mãos
Veja que a estrada sempre está na mesma direção
Mais uma vez pra que tentar mudar

Um Sonho
Um dia
Uma Luta pra travar
Meus olhos em frente vou enxergar

Caminhando sozinho, por ruas sem destino
Em morte fria a esperar
Algo que eu pudesse considerar
Um modo de me poder salvar

Dessa triste solidão
Andando pelos cantos
Mendigando salvação
Como eu queria saber o que é viver
Sem dor e lágrimas a me atormentar
E mais uma vez pra que tentar mudar

Um Sonho
Um dia
Uma Luta pra travar
Meus olhos em frente vou enxergar

Vídeo incorreto?