Hoje vou sair pro abraço
Quero caprichar no laço
Pra laçar uma paixão
Solidão me apavora
Parecendo espora
No peito desse peão

Do coração tirei o freio
Ao terminar o rodeio
Vou sair na contramão
Vou fazer o chão tremer
Não vou amanhecer
No brete da solidão

Vou, vou rolar a noite inteira
A paixão vai ser poeira
Colorindo o meu espaço
Vou, vou sair botando banca
Vou flechar uma potranca
Na arena dos meus braços

Vídeo incorreto?