Abrindo um sorriso
Menino rouba o chão que eu piso
Mas revelando um paraíso
Que nunca deixei de ver

Como que flutuando
Fiquei dançando
Rosto colado
Corpo suado
Cheirando à dança
É de endoidecer

Água de cachoeira
Quanto mais gelada, mais lava a alma
A pele molhada exala ao sol
O calor do corpo brilhando
Como pingos de pedra rara

À noite num sonho
Revejo os olhos
Cores da mata
Mergulho fundo, de ponta
Vou ficar com você

Vídeo incorreto?