Não há como negar que Deus vai nos mostrar
Suas palavras carregaram nossa dor

Deserto interior onde há somente dor
Somente dor, somente dor

Ele ouve o teu clamor
O teu clamor, o teu clamor, o teu clamor

Da cruz veio o perdão, do espinho a compaixão
O Cordeiro que os feridos carregou

Meu desejo é te dizer
Algo em que se pode crer
Se pode crer, se pode crer, se pode crer

Da cruz veio o perdão, do espinho a compaixão
O Cordeiro que os feridos carregou

Às vezes se esquece o porquê
Vive sem motivos pra viver

Carregue os feridos
Não olhe sempre apenas para você
Para o que o mundo tem a oferecer

Carregue os feridos carregue os feridos
A vida não existe sem o amor
Pagou o preço com a própria dor

Carregue os feridos
Não olhe sempre apenas para você
Para o que o mundo tem a oferecer

Da cruz veio o perdão, do espinho a compaixão
O Cordeiro que os feridos carregou

Vídeo incorreto?