Você aqui (Sandra Vianna)

Sua beleza brilha
Em cores vivas, reluzentes.
Perfumando tudo, todo e qualquer ambiente.
Ao simples pensar em se fazer presente,
Se instala e por inteira me impregnando a mente.
E como se ainda não estivesse contente
Você ascende e se transporta
Aos átomos todos a nossa volta,
A cama velha, a cadeira torta,
A goteira na sala, ao cupim na porta,
A incessante luta do mar com as rochas,
Ao cheiro denso e espesso das algas,
Ao calor das chamas das minhas velas,
Ao canto dos pássaros no meu jardim,
A um domínio macio que posso sentir


E se transforma
Aos átomos todos à minha volta
Ao cheiro denso e espesso das algas
A incessante luta do mar com as rochas,
Ao domínio macio que posso sentir.


Você aqui, sempre a cantar, sempre a sorrir
Você aqui, sempre a chegar, sempre a partir


Mas, sempre aqui!

Vídeo incorreto?