Fim de noite, é madrugada e você não retornou
O silencio é tudo nada, é ausência de amor
Fatalmente vejo as horas em minutos que se vão
É meu coração que chora nesta imensa solidão.

Sem saber o que se passa, eu me ponho a imaginar,
O teu corpo em outros braços, vejo alguém em meu lugar.
Passa o tempo e tudo agora já começa ter sentido
Quem te amou foi embora sinto que fiou esquecido.

Tudo foi como eu pensava, fatalmente aconteceu
Sei que você não falava, porém nosso amor morreu;
Hoje sei que fui culpado só queria te prender
Fui um intruso em teu traçado roubei tempo e teu prazer.

Só restou-me a saudade bons momentos que vivi
Tenho agora a realidade a mostrar o que perdi
Vai enfrente esqueça tudo e o mesmo eu tentarei
E por entre os absurdos sabe lá se eu não errei.

Vídeo incorreto?