São teus meios, entre universos
Descubram as nuvens
E me coloque mais perto
Porque você sempre esqueceu
Ao mesmo, nem existiu
Estes passos são longos
Sem rumo, nem céu
Dialogo profundo
Queriam te encontrar num instante
Você não existe, eu sei
Quando você olha, seus olhos são cegos
Quando eu me toquei
não era nada em comum
sou eu sem alguém

E que o tempo nos espera
Semanas e meses
E o tempo é uma febre
Anos sem curas
E que o tempo nos espera
Sem enredos, sem preces
Procurei por alguém
Estes dias sem qualquer lugar


Sabe-se que eu não te encontrei
Mesmo nesse planeta terra
Preferia estar ao teu lado
Porque você não entendeu ?
Queremos o mesmo obvio
Meus passos são longos
Sem rumo, nem céu
Dialogo profundo
Queriam te encontrar num instante
Você não existe, eu sei
Quando você olha, seus olhos me entrega

E que o tempo nos espera
Semanas e meses
E o tempo é uma febre
Anos sem curas
E que o tempo nos espera
Sem medo nem rezas
Procurei por alguém
Estes dias sem qualquer lugar

São teus olhos
Não me distancie
Quem sabe eu não tente
E que o tempo nos espera
Semanas e meses
E o tempo é uma febre
Anos sem curas

Vídeo incorreto?