Vida longa (part. paula fernandes)


Lembrei desse sentimento
Gritando dentro de nós
Éramos todos meninos
E em cada um vivia uma paixão

Como na cena de um filme
Vencemos pesadelos
Enfrentando os dragões
Criados por nossos medos
Fruto da imaginação

De frente a uma nova era
Na onda de uma canção
Nós construímos história
Mente, alma e coração

Vida longa às barreiras
Que atravessamos
Todas as luzes do reino brilharam
Só pra mim e pra você
Eu estava gritando "vida longa"
À magia que fizemos
E tragam os fingidores
Um dia seremos lembradas

Eu disse "lembrei desse sentimento"
Eu passei as fotos adiante
De todos os anos que estivemos
Lá do lado de fora desejando por agora

Somos os reis e as rainhas
Você trocou seu boné de beisebol por uma coroa
Quando eles nos deram os nossos troféus
E nós os levantamos pela nossa cidade

De frente a uma nova era
Na onda de uma canção
Nós construímos história
Mente, alma e coração

Vida longa às barreiras
Que atravessamos
Todas as luzes do reino brilharam
Só pra mim e pra você
Eu estava gritando "vida longa"
À magia que fizemos
E tragam os fingidores
Não tenho medo

Vida longa às montanhas que movemos
Eu me diverti muito
Lutando com dragões junto à você
Eu estava gritando "vida longa"
Àquele seu olhar
E tragam os fingidores
Um dia seremos lembradas

Segure-se
Para girar
Confetes caem no chão
Talvez essas lembranças amparem nossa queda

Lembrei do momento
Que fiz promessa pra nós dois
Pintando o nosso destino
Puro e simples, pleno
E sem fim

Que fosse assim
Sem um "goodbye"
Fosse pra sempre um "cheguei"
O sonho que construímos
Me vi feliz, eu te achei

Será muito mais
Que achar
Será muito além
Que pensar

Vida longa às barreiras
Que atravessamos
Eu me diverti muito com você

Vida, vida longa às barreiras
Que atravessamos
Todas as luzes do reino brilharam
Só pra mim e pra você
Eu estava gritando "vida longa"
À magia que fizemos
E tragam os fingidores
Não tenho medo

Cantando
Vida longa às montanhas que movemos
Eu me diverti muito
Lutando com dragões junto à você

Vida, vida longa
Àquele seu olhar
E tragam os fingidores
Um dia seremos lembradas