Eu vim de la senhor, la do final de l.p
Onde a rua é escola, ce se pah ouviu dizer
As nave decola, varias fugas de cg
Pergunte a sua filha, que ela deve conhecer

Cabeça raspada friburgo é vários bota
Di di di polo listrada é o vulgo "breque de rota"
Mo família mo rapa, aqui os boy entra em pane
Maloca da nata do (lau lala lauzane)

Eu vim de la, no melhor nipe vagabundo
Infectando celular do "lauzane pro mundo"
Toca nas porta de bar, toca nas boca fumo
Varias perversa tem la, é vários que perde o rumo

A norte, os louco descendo as ladeira,
Rasgando a ranieri dentro dos gol "batedeira"
É o bond! cada rua é um universo, é a gang
É os louco que vem de la!

Eu vim de la,
Onde os moleque é sonhador ta no corre pelo amor e as nota
(la la lauzane)
La, onde os ronco do motor é o barulho que as malvada gosta
(la la lauzane)
La, tem ladrão e trabalhador, e os tiras sempre estão na bota
Mais respeito por favor, que eu vim de la
(lau za ne!)

Reuni os manos na padoca ali, mó satisfação
Apreciando o vai e vem das "gerow" sem moderação
Acompanha a evolução, bike, mobilete, 300
Entra na oito, torce o cabo e as perversa não se aguenta

Chinelo e bermudão, pilaco, maloqueragem
Camisa preta e amarela, símbolo do na maldade
Enfileirado, mão pra traz de os muro,
Noiz flagra, divisão aérea das laje da friburgo

Leão atrás das onça faz o corre que pode
Leoa mãe de vários, atrás dos seus filhotes
O dia inteiro com as pipa no vento (ta não mão, ta na mão)
Toma relo e perde a linha no "guento"

Função uniformizada, de polo e corrente de prata
Matilha de cão vira-lata, orgulho de ser de quebrada
Orgulho de ser de quebrada, muito respeito as outras
Bato no peito e solto o grito "aqui é lauzane..."

Eu vim de la,
Onde os moleque é sonhador ta no corre pelo amor e as nota
(la la lauzane)
La, onde os ronco do motor é o barulho que as malvada gosta
(la la lauzane)
La, tem ladrão e trabalhador, e os tiras sempre estão na bota
Mais respeito por favor, que eu vim de la
(lau za ne!)

Eu vim de la onde as ladeiras "tem que ter swing"
E os hi-tec dominante é os pancadão no "ching-ling"
Apenas um marginal padrão, abençoado
Que responde nos enquadros, sou lauzane sitiado

Ai chefão, viaja não que eu to na minha
Trabalho no 3fs desconheço essa lojinha
E pode crer que foi nois memo , (hé) nois lambe-lambe
Marcou quebrada inteira e fez os rap no lauzane

Quem é de la, sabe do movimento, policia perde tempo
O kit dos moleque não precisa de orçamento
Vilão sem carta é mato, sem capacete é fato
Bode ou financiado, da fuga olha os rato

Vejo igreja, buteco, lan house
Onde as fonte financeira nao pode dar pauso
Zona norte de sp terceira safra é do bang
Eu amo a minha quebrada eu vim de laaa.

Eu vim de la,
Onde os muleque é sonhador ta no corre pelo amor e as nota
(la la lauzane)
La, onde os ronco do motor é o barulho que as malvada gosta
(la la lauzane)
La, tem ladrão e trabalhador, e os tiras sempre estão na bota
Mais respeito por favor, que eu vim de la
(lau za ne!)

Vídeo incorreto?