Como se fosse ontem
ou no Inverno passado
a mesma chuva miúda
o mesmo asfalto molhado

Como se não fosse nada
passando sem se notar
lá se foi outra alvorada
olhos cansados de ver

Mas se tudo vale a pena
e a vida é feita destes nadas
destas noites de trabalho
destas estranhas alvoradas
desta fome que se instala
deste Sol que teima em nascer outra vez

Como deixaste o casaco
pendurado na escada
pensei que fosse um sinal
pensei que ainda voltavas

Como se fosse ontem
chego a casa de manhã
a mesma sala quieta
o gato e a manta de lã

Mas se tudo vale a pena
e a vida é feita destes nadas
destas noites de trabalho
destas estranhas alvoradas
desta fome que se instala
deste Sol que teima em nascer outra vez

Vídeo incorreto?