Eu quase morro de saudade do nosso passado
Daquele amor tão bonito tão apaixonado
Eu me enrolava em seus cabelos você me beijava
E so palavras de ternura a gente falava

Porém sem que eu esperasse você foi embora
Aquelas caricias divinas não existem mais
Você seguiu outros caminhos e me esqueceu
O amor em seu peito de certo morreu
E eu sou agora um homem sem paz

Às vezes sozinho comeco a pensar e não acredito
Como e que pode um amor tão bonito assim de repente se
Desmoronar
Quando chega a noite trazendo lembranca, paixão e
Despeito
Pego o seu retrato e aperto no peito
Choro em silêncio pra desabafar.

Vídeo incorreto?