Eu sei, eu sei, eu não me engano

O diabo é lusitano

Sempre vi

algo de mau

nos bolinhos de bacalhau!

Naquele antro da esquina

Eu encontrei a minha sina

Minha alma eu perdi

Devia ter ficado em Birigüi!

Todo dia na padaria

A imagem do capeta me sorria

Com a caneta na orelha

Piscava e levantava a sobrancelha!

A própria imagem do cão

Me sorria com aquele bigodão

Depois me estendia a mão

Com o maldito pacote de pão!

Levava minha alma pro inferno

E anotava minhas contas no caderno

Dizia o diabo: "Vinde vós"

E me dava bisnaguinhas Seven Boys!

Vídeo incorreto?