Era uma tarde de verão quando eu perdi o meu calção
E todo mundo olhou pra mim
Fiquei vermelho, quase azul morri de vergonha mas não sou nenhum bobo, por isso eu entrei no mar

Inesquecível o que aconteceu comigo no meu verão
Passado, e não volta mais
Muita farra, muita festa, muita história pra contar sem saber que um dia
Tudo aquilo ia acabar

Vou voltar para o mar e denovo vou lembrar
De tantas vezes que eu bodei foi de frente pro luar
E com uma linda companhia eu descobri como brincar

Contando estrelas pela praia a noite inteira aproveitando
Cada segundo sem dexar pra tras
E as lembranças vão ficar dessas ferias vou guardar
Mas não é minha culpa se só o que eu sei é brisar

(Refrão)

Janeiro é o mês em que tudo acontece
E nada se esquece jamais
Eu lembro de cada dia em que eu passei na praia
Sentindo a brisa bater

Janeiro é o mês em que tudo acontece
E nada se esquece jamais
Eu lembro de cada dia em que eu passei na praia
Sentindo a brisa bater na minha cara de bobo
Que mais parece um soco e me acorda todo dia
Essa brisa tem um nome é a felicidade
Que me dá vontade de viver

Vídeo incorreto?