Na mão direita uma lua negra
E na esquerda o mundo de ponta cabeça
Pêlos por todo seu corpo
Uma mulher lobo, uma mulher
Selvagem como uma fera à solta
Matando a sede dos seus seios na minha boca
Me assalta e leva meu corpo todo
Uma mulher lobo, uma mulher
Habitante de uma floresta
Que só visito nas noites em que sonho
Fruto do meu desejo
Fruto do meu desejo
Alucinação, alucinação

Vídeo incorreto?