Vendo as marcas tão precisas
De um tempo que avança e vai
Tento não perder de vista
Mas sinto que a vida passa

Vai pra longe dos meus olhos
Correndo sobre trilhos retos
Como um trem, justo e certo,
É assim que vai, a vida vai.

Vida Vida Vida
Vida que me faz tentar
Se pareço sua amiga
Por que não te acompanhar?

Quando desisto é que surges
Quando ruges é que caio
Quando desmaio é que corres
Quando te moves me acho
Quando calo me curas
E se te misturo me perco
(assobia!)

Estou vivendo há muito tempo
Tempo que não volta atrás
Por que ter medo de escolher
Se há muito pouco pra perder

Tento não perder de vista
Mas parece que não sou capaz
Onde vai com tanta pressa
A vida que de mim sai
A vida vai

Vídeo incorreto?