Ai, eu tô cantando de viola é pra cumprir com a inclinação.
Eu bem sei que o povo sabe que eu sou mesmo um folgazão.
Pelejo pra largar e não posso, Ai, desta minha profissão.
Ai, precisa eu morrer primeiro pra "despôs" eu largar mão.

Ai, o braço desta viola foi feito pra quem quiser.
Pra fazer um exercício porém se o cabra souber.
Eu canto verso pros "hôme", Ai, suspirando pras "mulher".
Ai, no meio de tanta gente sem ninguém não dá por fé.

Ai, no meu bairro tem uma moça que tem casamento "trato"
Tratado no mês de agosto é pra casar no mês de março.
Eu já vi esta morena, Ai, pisa fora do compasso.
Ai ela tem três namorados e não demora "intéra" os quatro.

Ai, eu tenho dó de quem ama e de quem não sabe amar.
Ver falar em casamento eles querem se casar.
Eles não prestam o sentido, Ai, no galho que vai pegar.
Ai, se pegar o galho lasca e o caboclo passa "már".

Vídeo incorreto?