O cientista


Vim para te encontrar, dizer que sinto muito
Você não sabe como é amável
Tinha que te ver, lhe dizer que preciso de você
Dizer que te escolhi

Conte-me seus segredos, faça-me suas perguntas
Oh, vamos voltar para o começo
Correndo em círculos, perseguindo a cauda
Cabeças numa ciência à parte

Ninguém disse que seria fácil
É uma pena nos separarmos
Ninguém disse que seria fácil
Mas também não disseram que seria tão difícil
Oh, me leve de volta ao começo

Eu só estava analisando números e figuras
Montando o quebra-cabeças
Questões da ciência, ciência e progresso
Não falam tão alto quanto meu coração
Diga-me que me ama, volte e me assombre
Oh, e eu corro para o começo
Correndo em círculos, perseguindo a cauda
Voltando a ser como éramos

Ninguém disse que era fácil
É uma pena nos separarmos
Ninguém disse que seria fácil
Mas também não disseram que seria tão difícil
Eu estou voltando para o começo

Oh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh
Ah, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh
Oh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh
Oh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh