A sala ainda vazia
Não vai ver nem por mais um dia
Minha cara de quem espera alguem voltar
Lembranças de você
Me perguntando o que fazer
Mas no fundo era tudo sempre

Do seu jeito
Não fui perfeito

A porta ainda aberta
Denunciando como certa
Sua forma de tentar me surpreender
Mas deixo pra você
A triste culpa de saber
Que mesmo nosso término foi

Do seu jeito
Não fui perfeito
Pra acabar com sua pretensão
De ter tudo sempre em suas mãos
Que daqui pra frente você possa viver
Como sempre quis

A casa ainda escura
E eu assistindo sua insegura
Intenção de me fazer pedir perdão
Olhando pra você
Já nem sei como dizer que meu único defeito foi ser

Do seu jeito
Não fui perfeito
Pra acabar com sua pretensão
De ter tudo sempre em suas mãos
Que daqui pra frente você possa viver
Como sempre quis

(talvez só eu dizesse
O que não se quer ouvir...
Pra alguem que nunca cresce
Que não sabe aonde ir...)

Do seu jeito
Não fui perfeito
Pra acabar com sua pretensão
De ter tudo sempre em suas mãos
Que daqui pra frente você possa viver
Como sempre quis

Vídeo incorreto?