Alias


A serpente sabe,
Quando a cortina cai,
Em recusas de olhos vendados,
Ela cumprimenta outro dia

Não acredito que a máscara
Ela tenta mentir,
O dez perfeito,
Quando na realidade cavernas

Não me diga,
Diz o meu fantasma,
Porque a culpa é dele
Por tudo que eu não quero saber

Achei segredos sobre a vida incalculável

A vida é envolto em um enigma,
Mais fácil de dizer do que fazer,
Ódio para jogar a vítima,
Pelo contrário correr e esconder.

Não acredito que a máscara
Ela tenta mentir,
O dez perfeito,
Quando na realidade cavernas

Não me diga,
Diz o meu fantasma,
Porque a culpa é dele
Por tudo que eu não quero saber

Achei segredos sobre a vida incalculável,
Deixe-os ter-me longe

Chamada de volta no lugar,
É mais fácil para fazer face por trás da cortina,
Limpe as preocupações longe
Não pensou em consequência

Não acredito que a máscara
Ela tenta mentir,
O dez perfeito,
Quando na realidade cavernas

Não me diga,
Diz o meu fantasma,
Porque a culpa é dele
Por tudo que eu não quero saber

Achei segredos sobre a vida incalculável,
Deixe-os ter-me longe