Everlost (part i) (tradução)


Luzes são escuras
Minhas janelas depressivas
Por onde nenhuma emoção passa
Marque minha alma com suas garras
Me responda
Essas paredes são meu único abrigo
Da atmosfera sangrando
Me tire desta terra

"eu vos entrego desta agonia
Uma tempestade para vos limpar"

Eu sou o jeito certo de ser
Dos que sempre perderam
Esta é a maldição de...

Tudo está escuro
Tudo menos o aspecto da vida
Pare ser fatiado
Em uma concha, tão enganado

"estas são as conchas dadas sobre mim"
Passar pela escuridão da meia noite
Sons, luzes sem faces

As mãos rasgam isso separadamente
Dissolvem o que possuem
Você sozinho pode pegar minha alma
Pegue um vôo