Upon an oaken throne (tradução)


"Eu vejo a sombra noturna crescer" Ele falou
E cães de caça despertam ao amanhecer
Buscado pela essência de nossos desejos
Abraçados pelo sol noturno
Admito - Eu dou risada de suas mentiras fracas - lixo
Ódio em meus olhos e em meu sangue
Um grito pelos campos - os rios se lamentam
Um senhor derrotado em um trono de Oaken
Aflição dentro de minha chama - aperta minha existência
A marca do amanhecer está quebrada - fúria

Fogo selvagem

Um pensamento varrido pelo vento
Fora do perímetro de onde as risadas estão
Não se escutava mais, gritos não eram vistos
E a vida está sempre perdida
Contemple nos céus por eles serem cegos
Cegos pela sombra noturna de nossa luxúria
Triturado até virar pó
Os lobos estão aqui

As bestas das terras selvagens
Elas bebem meu sangue
Elas festejam em meus restos
As lágrimas traiçoeiras em seus olhos

Fogo selvagem