Eu ainda o amo (monólogo national anthem)


E lembro-me de quando o conheci, foi-me tão claro que ele era o único para mim.
Ambos de nós soubemos, de imediato.
E, com o passar dos anos, as coisas tornaram-se mais difíceis, fomos confrontados com mais desafios
Eu o implorei que ficasse

Tentasse lembrar-se do que tínhamos no princípio
Ele era carismático, magnético, eléctrico, e todo mundo sabia disso
Quando ele caminhava

A cabeça de cada mulher se virava, todos se levantavam para falar com ele
Ele era como este híbrido, esta mescla de um homem que não conseguia se conter
Eu sempre tive a sensação de que ele se tornou dividido
Entre ser uma pessoa boa e perder todas as oportunidades que a vida poderia

Oferecer a um homem tão magnífico como ele
E dessa forma, eu o compreendi
E eu o amava
Eu o amava, eu o amava, eu o amava
E eu ainda o amo
Eu o amo