Diluído


Eu sou frio, eu sou feio
Estou sempre confuso com tudo
Posso encarar milhares de olhos
Mas todo sorriso esconde uma mentira deslavada

Isso coça, dá raiva, acumula e respira
Meus heróis estão mortos, eles morreram na minha mente
Tire do bando, esprema a dor
Algo dentro de mim abriu de novo

Meus pensamentos resumidos
Todas as pequenas falhas que eu neguei
Esqueça o hoje, esqueça tudo que aconteceu
Todo dia eu vejo mais algumas deficiências
Eu não tenho vergonha de ser uma completa catástrofe

Que diabos - eu fiz - para merecer - tudo isso?

Eu não desperdiço balas com mentes ignorantes
Seus insultos entalam em meus dentes conforme eles diminuem
Muito além do bom gosto, a caminho de maus pressentimentos
Eu diminuo, enquanto meus sintomas crescem

Deus, que diabos está errado?
Você age como se você soubesse o tempo todo
Seu tempo é uma droga, seu silêncio é uma benção

Tudo o que eu sempre quis de você era
algo que você nunca poderia ser
Agora dê uma olhada realmente bom em
O que você fez pra mim porra

Que diabos - eu fiz - para merecer - tudo isso?

Me dê uma razão por que eu precisaria de você, garoto
Me dê uma razão para não te foder
Me dê uma razão por que eu precisaria de você, puta
Me dê uma razão para não te foder

Eu te vejo em mim

Eu escondo minhas cicatrizes de penetras
Incapaz de saber por que
alguém respira, eu tenho que obter uma resposta

Por que sou tão fascinado por
Fotos maiores, coisas melhores
Mas eu não ligo para o que você pensa
Você nunca me entenderá

Que diabos eu fiz para merecer tudo isso?

Foda- se!