Romance De Lua E Estrada de Walther Morais

Letra da musica Romance De Lua E Estrada de Walther Morais

Romance De Lua E Estrada
Romance De Lua E Estrada

Por pachola espiei a sombra
Quando cheguei bem montado
Num redomao colorado
Melhor bagual da tropilha
A lua feito rodilha
Acendeu sobre a janela
De um rancho jardim pra ela
Minha flor de macanilha

Num gritito em buenas nooites
Me de permisso patrao
Quero atar meu redomao
E rever a chamarrita
Chinoquinha mais bonita
Que roubou meu coracao

Aos olhos da mesma lua, domingo santo de maio
Galopeava um potro baio no rastro de um vaga-lume
E a lua sentiu ciume, pois deixei de olhar pra ela
Quado vi frente a janela, teu corpo em flor e perfume
Desde entao, lua me segue com olhar de mae antiga
Sabe todas as cantigas que assovio na estrada
Direto ao rancho da amada, que eu estendo os redomao
E dou agua ao coracao na boca da madrugada

Desde entao, lua me segue
Com olhar de mae antiga
Sabe todas as cantigas
Que assovio na estrada
Direto ao rancho da amada
Que eu estendo os redomao
E dou agua ao coracao
Na boca da madrugada

De volta sobre os pelegos
Sereno no meu chapeu
Por riba um poncho de ceu
Alma intensa de minuano
Solto uns versos pro aureliano
Bem no jeito do noel

vídeo incorreto?