É você morena linda, que me mata de paixão
Mexeu com meu sentimento e abalou meu coração
Teu sorriso me provoca quando você se coloca numa bela posição

O teu jeito fascinante, teu olhar agateado
Teus lábios da cor de mel, esse corpo bronzeado
Faz eu cantar de improviso, mexendo com meu juízo feliz e apaixonado

És a deusa dos meus sonhos, razão do meu sofrimento
A chama que me acende, o lençol que eu me esquento
Tu és a minha metade, paixão e felicidade, ilusão e sentimento

Na trança dos teus cabelos eu dei um nó de laçada
No galope dessa vida vamos dançar cavalgada
Não diga mais a ninguém que eu deixei de querer bem
Que por mim não foi amada

Quem tem um amor declara na rima, verso e compasso
Me ame com eu lhe amo pra gente arrochar o laço
Arroche pra não doer, você e eu, eu e você entre beijos e abraços

O curral que te prendia, só prendia pro teu lado
A cerca que dividia teus olhos apaixonados
O tempo que destruiu ainda não descobriu o que tenho te revelado

Ô paixão da minha vida, razão do meu bem querer
Se eu errar você perdoa que eu já perdoei você
Enquanto existir perdão, jamais o meu coração vai fazer o teu sofrer

Me faça um favor me diga que nosso amor permanece
Quem tem amor também sofre, quem não tem também padece
Esqueça do sofrimento, aproveite os bons momentos
Que a vida nos oferece

Aqui termino a toada, espero resposta sua
Se acaso não responder eu vou perguntar a lua
Todas duas são bonitas, na lua a gente acredita falta acreditar na sua

Vídeo incorreto?