Não sei se foram meus planos
Parece que a saudade nunca tem fim
E tantos pensamentos voam pra longe
Aonde te vejo

Não sei pra que tantas mágoas
Se tudo que era bom tava aqui
Noites sem luar, olhos d'água
Fico a imaginar minha voz
E no seu olhar pra me aproximar do mundo

Quando eu penso o peito cala
No silêncio a me lembrar
De um velho tempo que pra mim não passou

Vídeo incorreto?